O Sporting fica a dever à sua ineficácia e à exibição monstruosa de Amir na baliza do Marítimo a não-obtenção dos três pontos no arranque da terceira fase da Taça da Liga.

Os leões dominaram o encontro do início ao fim mas a realidade é que a falta de inspiração da segunda linha do plantel de Jorge Jesus e a antítese disso mesmo nas redes insulares acabaram por ditar o resultado final.

Sporting e Marítimo não saíram da ‘cepa torta’ e passam, assim, a somar, cada um, um ponto no grupo B da Taça da Liga.

A outra partida da primeira jornada do grupo B, entre União da Madeira e Belenenses, está marcada para 25 de Outubro.