O Sporting conquistou, este sábado, pela primeira vez a Taça da Liga ao bater o Vitória de Setúbal nas grandes penalidades (5-4)depois de o jogo ter terminado empatado (1-1) no tempo regulamentar, numa final disputada em Braga.

Gonçalo Paciência marcou logo aos quatro minutos e Bas Dost empatou na conversão de uma grande penalidade já nos últimos dez minutos. O vencedor teve de ser encontrado no desempate por penaltis e aqui os Leões foram mais fortes, substituindo assim o Moreirense na galeria de vencedores, depois de duas finais perdidas (2008 e 2009).

Quanto ao onze inicial, Jorge Jesus lançou Fredy Montero no apoio a Bas Dost. O colombiano estreou-se como titular nesta segunda passagem na equipa de Alvalade. Em sentido inverso, Acuña foi para o banco de suplentes, enquanto Rúben Ribeiro assumiu a posição do lesionado Gelson Martins.

Nas grandes penalidades, o Sporting foi mais forte e acertou mais vezes à baliza de Trigueira, tendo William Carvalho anotado o pontapé decisivo, depois de Podstawski ter sido o único jogador a falhar a sua grande penalidade.

Dez anos depois, o Sporting vinga-se da final perdida em 2008 ao Vitória de Setúbal e levanta a Taça da Liga pela primeira vez, depois de duas finais perdidas.