O futuro de Tiago Fernandes mantém-se como uma das incógnitas ainda por resolver neste processo que levou à saída de José Peseiro do cargo de treinador da equipa principal dos leões e levou à contratação do holandês Marcel Keizer.

Mas apurou A BOLA que o treinador que orientou a principal equipa leonina nos últimos três jogos vai para já continuar ligado aos leões, com um lugar na estrutura técnica na Academia, em Alcochete, mas não integrado na equipa técnica de Marcel Keizer, cujos colaboradores estão já definidos pela administração liderada por Frederico Varandas.

Tiago Fernandes, que em Alcochete começou por integrar equipas técnicas dos escalões mais baixos, tendo progredido na carreira até liderar os sub-19, para no início desta época passar a um dos adjuntos de Peseiro, queria agora abraçar um projeto de liderança, na sequência dos bons resultados como interino. Em Alcochete, seria a equipa de sub-23, mas esta tem em José Lima o treinador, pelo que a porta está nesta altura fechada.

Do exterior houve também sondagens mas nada de concreto, pelo que o treinador vai agora renovar o contrato – para ser o interino teve de passar por vários procedimentos contratuais, rescisão e assinatura de novo vínculo – e encontrar espaço na estrutura técnica dos verde e brancos.

Aberta fica a porta para uma saída ou oportunidade interna que possa surgir. No exterior, sabe-se que muitos clubes passaram a seguir com atenção o trabalho de Tiago Fernandes, que naturalmente também abriu novos horizontes depois da última experiência na equipa A.