Gastón Silva, defesa de 23 anos que pertence aos quadros do Torino mas que esteve na última temporada cedido ao Granada, de Espanha, está na mira do Sporting mas, segundo A BOLA, para conseguir contratá-lo a administração leonina teve já de subir a parada: viu recusada pelos italianos uma proposta de €5 milhões, tendo por isso elevado a oferta para €6 milhões.

O internacional uruguaio, que tanto pode fazer a posição de defesa-central como de lateral-esquerdo, tem apenas mais uma temporada de contrato com o emblema italiano mas este pode acionar uma cláusula de opção e por isso, ou jogando com essa possibilidade, está a aproveitar para inflacionar o preço pedido pelo passe do jogador, que na época passada, na passagem pela liga espanhola, fez 23 jogos, 22 no campeonato e um na Taça do Rei, um total de 1838 minutos jogados.

Gastón Silva vai entrar no último ano de contrato, mas o seu vínculo com o Torino tem uma cláusula de prolongamento por mais um ano caso o clube assim deseje. Na prática, o contrato tem mais dois anos de ligação ao emblema de Turim.

Em termos de concorrência, o Sporting tem pela frente os checos do Slavia de Praga, bem como o Granada, de Espanha, onde Gastón Silva esteve emprestado na temporada passada. O emblema espanhol afigura-se como o principal concorrente, uma vez que que apresenta uma liga mais atrativa.

Gastón Silva é opção para o Sporting depois de Mathieu se ter complicado. O central francês do Barcelona era a prioridade para o clube leonino, mas assegurar os seus serviços não tem sido fácil para a formação orientada por Jorge Jesus. A segunda escolha passa por Gastón Silva, um jogador que já conhece Coates, uma vez que já jogou com o central no Uruguai.