Vlado Lemic, empresário de Nemanja Gudelj, tem prevista para os próximos dias uma deslocação com destino à China, onde se sentará com os dirigentes do Guangzhou Evergrande, no sentido de o médio sérvio poder desvincular-se deste clube.

Gudelj chegou a Alvalade emprestado pelos chineses, acabou por assinar uma época muito positiva e pretende continuar no Sporting. Os leões, por seu turno, estão dispostos a ficar com o médio… mas sem custos com qualquer transferência.

O médio de 27 anos está cedido por empréstimo do Guangzhou até ao final da época, tendo contrato com o referido emblema até dezembro próximo, ainda que exista uma cláusula no vínculo que permite ao vice-campeão chinês prolongá-lo por mais um ano. Se tal acontecer, Gudelj manterá o ordenado de 4,7 milhões de euros livres de impostos por época, cenário que financeiramente será atrativo para o atleta, que, diga-se, tem diversos emblemas europeus e chineses à espera do Guangzhou para avançar.

Contudo, a ligação ao Sporting, o gosto pela cidade de Lisboa e a proximidade com o técnico Marcel Keizer abrem uma janela de oportunidade para o Sporting, sabendo os dirigentes leoninos que Gudelj está disposto a baixar o seu ordenado face ao que aufere atualmente, fruto da ligação com o clube chinês.