Aposta pessoal de Keizer, o jovem brasileiro Wendel recuperou mais rápido do que inicialmente estava previsto e já se encontra muito perto da reabilitação total, isto no que ao ritmo competitivo diz respeito.

O camisola 37 lesionou-se no encontro com o Aves, a 9 de dezembro, voltou à competição a 3 de janeiro, com o Belenenses e, agora, parece ter reconquistado o seu lugar entre as primeiras escolhas do holandês, relegando para o banco de suplentes Miguel Luís na derrota em Tondela.

No entanto, as características ‘especiais’ do clássico com o FC Porto poderão fazer com que Wendel seja um dos sacrificados no meio-campo leonino. Tem a palavra… Keizer.