Um clube chinês apresentou uma proposta a William Carvalho para ganhar seis milhões de euros líquidos por ano, durante quatro temporadas.

A proposta foi apresentada, há algumas semanas, a Simão Carvalho, pai do jogador do Sporting, revelou o agente Paulo Teixeira nas redes sociais. Tal como o Correio da Manhã noticiou, o clima entre o empresário e Bruno de Carvalho está tenso e dificilmente o presidente leonino vai conseguir fazer o jogador renovar o seu contrato.

O objetivo do líder sportinguista é levar William Carvalho a assinar um novo vínculo (o atual é válido até 2020) e aumentar a cláusula de rescisão de 45 para 60 milhões de euros. Números incomportáveis até para os chineses. Segundo o CM apurou, Bruno de Carvalho tem recusado renovar a carta de compromisso ao jogador, documento que seria suficiente para transferir o jogador para a China já em janeiro.

Nessa carta, William e os seus responsáveis pretendem que fique claro que o clube vende o médio por 35 milhões de euros (30 para o clube, cinco para o atleta).